(Momento difícil) – Casos de coronavírus no Brasil em 18 de março

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 21h00 desta quarta-feira (18), 521 casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil em 20 estados e no Distrito Federal. Em São Paulo, foi registrada a 4ª morte pelo coronavírus no Brasil, confirmada nesta quarta pelo governo estadual. Paraíba registrou o primeiro caso confirmado de infecção pelo vírus e, na região Norte, o Pará registrou um caso confirmado pela primeira vez.

O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na noite desta quarta-feira, contabiliza 428 infectados.

Veja os números:

Casos confirmados do novo coronavírus no Brasil

Estado Secretarias da saúde Ministério da Saúde
AC 3 0
AL 1 1
AP 0 0
AM 2 1
BA 28 3
CE 11 9
DF 36 26
ES 11 9
GO 12 8
MA 0 0
MT 0 0
MS 7 7
MG 19 15
PA 1 0
PB 1 0
PR 14 13
PE 22 16
PI 0 0
RJ 63 45
RN 1 1
RS 28 19
RO 0 0
RR 0 0
SC 14 10
SP 240 240
SE 6 5
TO 1 0
Total 521 428

Além dos casos confirmados, o Ministério da Saúde contabilizava na terça-feira:

  • 8.819 casos suspeitos
  • 1.890 casos descartados
  • 18 pessoas estão hospitalizadas (7% do total)

Brasil contraria OMS e só faz testes nos casos graves

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou que não mudará agora o critério adotado na fase de mitigação, e só as pessoas com casos graves serão testadas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou, na última sexta-feira (13), que os países apliquem testes em massa para descobrir quem está infectado e isolar esses pacientes para “achatar a curva” da disseminação da doença Covid-19.

O governo federal, que disse ter comprado kits da Fiocruz para 30 mil testes nos laboratórios públicos, disse que o objetivo da medida é economizar testes para as pessoas com complicações.

Situação no mundo

Os números de casos e de mortes por Covid-19 fora do território chinês já ultrapassaram os registrados na própria China, afirmou o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, na segunda-feira (16).

Segundo monitoramento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, foram registradas, em todo o mundo, 7.955 mortes pela doença. Dessas, mais de 3.200 ocorreram na China.

Por G1

Lapa FM 104,9

 

Youtube

Nosso Parceiros

 
uniftc

Anuncie

Seja nosso parceiro, anuncie aqui!
Promoção
educa-mais-brasil

Sigam