(Decisão) – Por estabilidade em início de ano, Bahia tenta carimbar classificação contra o Nacional-PAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Passar de fase na Sul-Americana é fundamental para tranquilizar o ambiente no Bahia e dar segurança a Roger Machado

Por mais precoce que seja, o jogo desta quarta-feira pode ser um divisor de águas na temporada do Bahia. Depois de abrir uma vantagem de 3 a 0 no confronto de ida diante do Nacional-PAR, na Fonte Nova, o Tricolor vai até o Paraguai para tentar confirmar a classificação para a 2ª fase da Sul-Americana. A partida está marcada para 19h15 (horário de Brasília), no estádio Luis Alfonso Giagni.

“Mas por que um divisor de águas?”, pode perguntar algum desavisado. Porque depois da eliminação na fase de estreia da Copa do Brasil, para o modesto River-PI, a insatisfação da torcida tricolor ficou evidente, e o principal alvo das críticas foi o técnico Roger Machado. Para piorar a situação, a equipe foi derrotada pelo rival Vitória e viu descer pelo ralo uma invencibilidade que já durava três anos.

O Tricolor almejava chegar muito mais longe no torneio nacional, sobretudo depois da boa campanha na temporada passada, quando caiu de forma honrosa nas quartas de final, para o Grêmio. Sem falar na diferença de orçamento entre as equipes, que é abissal.

Portanto, uma nova eliminação colocaria a equipe de volta no olho do furacão, sem grandes aspirações na temporada além do Campeonato Brasileiro, fora a busca por títulos de menor expressão nos campeonatos estadual e regional.

Foi por causa dos resultados ruins logo no início do ano que o técnico Roger Machado decidiu utilizar um esquema mais ousado, com quatro atacantes, justo na partida diante do Nacional-PAR. A mudança se mostrou acertada, na medida em que o Bahia atropelou a equipe adversária, protagonizando a melhor atuação da temporada.

O quarteto formado por Élber, Clayson, Rossi e Gilberto deu novo ânimo a equipe, com muita movimentação e chegada mais fácil na área adversária. Até os volantes apareceram mais no campo de ataque, tanto que Flávio participou de um dos gols, e Gregore anotou um golaço, considerado o mais bonito da rodada pelo CONMEBOL.

Com a classificação encaminhada, resta saber se Roger vai manter a equipe ou optar por um esquema mais precavido. É possível que o Bahia entre em campo com Anderson; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Flávio e Gregore; Élber, Clayson, Rossi e Gilberto.

O jogo

Nacional-PAR x Bahia, pela Sul-Americana;
Onde: Luis Alfonso Giagni, Paraguai;
Quando: Quarta-feira, 26 de fevereiro;
Horário: 19h15 (de Brasília);
Provável escalação do Bahia: Anderson; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Flávio e Gregore; Élber, Clayson, Rossi e Gilberto;
Desfalques do Bahia: Marco Antônio e Giovanni (machucados);
Arbitragem: Patricio Loustau apita a partida, auxiliado por Maximiliano Del Yesso e Facundo Rodríguez. O trio é argentino.

Por GloboEsporte.com — Salvador

Lapa FM 104,9

 

Youtube

Nosso Parceiros

 
uniftc

Anuncie

Seja nosso parceiro, anuncie aqui!
Promoção
educa-mais-brasil

Sigam