(Caso Ronaldinho Gaúcho) – Ronaldinho e Assis depositaram R$ 42 mil para iniciar processo de naturalização, diz ministro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O ministro da Secretaria Nacional Anticorrupção do Paraguai, René Fernández, afirmou que há indícios de que Ronaldinho Gaúcho e Assis depositaram aproximadamente 59 milhões de guaranis (cerca de R$ 42,6 mil) em uma conta de um banco público para dar início aos trâmites de naturalização. As declarações foram dadas em entrevista à Rádio ABC Cardinal 730 AM, do Paraguai.

De acordo com René, a soma ainda está depositada no Banco Nacional do Fomento (BNF) do Paraguai. O valor seria uma espécie de caução para o início do processo. Na entrevista ele não explica, no entanto, se é possível fazer tal pagamento mesmo sem os pré-requisitos mínimos para a naturalizaçãodentre eles ter vivido três anos no país.

“Temos o dado de que uma funcionária do banco andou com os trâmites. O depósito foi feito e não chegou a ser identificado como parte de um trâmite de naturalização”, declarou René.

– É uma conta que se habilita para esse tipo de processo. Eles, por ser estrangeiros, não podem ter contas comerciais. O dinheiro segue depositado, não foi extraído ainda e é parte da investigação. Esse depósito é do fim de dezembro, e tentou-se retirá-lo em janeiro – afirmou o ministro.

Em pronunciamento e posterior entrevista coletiva na manhã desta, o mesmo René Fernández revelou que seu órgão está investigando o Ministério do Interior. O objetivo é revelar detalhes sobre uma possível cumplicidade do setor no caso de adulteração dos documentos obtidos por Ronaldinho e Assis.

– Contávamos com informação preliminar de que (os passaportes) foram emitidos a nome de pessoas de nacionalidade paraguaia, que aparentemente não correspondem aos dados que constaram no momento em que foram usados no aeroporto. Revisamos tudo e chamou atenção de que tenham sido utilizadas numerações que não foram atribuídas a ninguém, não constavam em um prontuário e eram sequenciais – detalhou Fernández, sobre a investigação.

Por GloboEsporte.com — Assunção, Paraguai

Lapa FM 104,9

 

Youtube

Nosso Parceiros

 
uniftc

Anuncie

Seja nosso parceiro, anuncie aqui!
Promoção
educa-mais-brasil

Sigam